sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Ké Iz Tuk?


Ké Iz Tuk? da premiada ilustradora Carson Ellis fala da vida de insectos e leva-nos numa aventura entre bichos e plantas.

"Ké iz tuk? Mei nazê." (O que é isto? Eu não sei.)

É assim que os eles falam entre si, uma deliciosa e simples narrativa apresentada em ilustrações originais, de página inteira, revelando a exploração de composições detalhadas para acompanhar, quase cinematograficamente, a vida e a história que Carson partilha com os leitores.


Um dia dois insectos encontram um pequeno caule a nascer da terra. A planta cresce e os animais decidem escalá-la e fazer dela o seu castelo. Mas há uma surpresa, um perigo à espreita… Nhareto Nhacoso!!

Carson Ellis, autora/ilustradora norte-americana, estudou Pintura na Universidade de Montana. Viveu e trabalhou um pouco por toda a América do Norte, como artista, vendedora de cachorros-quentes, modelo e babysitter. É autora do premiado livro Home, considerado um best-seller pelo jornal New York Times.



Para aceder ao site da autora, repleto de belíssimos trabalhos, clique aqui.
Para aceder ao site da editora Orfeu Negro, clique aqui.

sábado, 2 de setembro de 2017

A Terrível Tia Alberta, de David Walliams


Em A Terrível Tia Alberta, Walliams parte das más intenções de uma tia mazinha para uma nova e inesperada aventura de Stella Saxby, a única herdeira de Saxby Hall. A irmã do pai, a terrível tia Alberta, sempre acompanhada do seu mocho gigante, tudo fará para se apropriar da herança da sobrinha. O plano para afastar Stella da grande mansão da família tem tanto de hilariante como de assustador (na dose certa para os leitores), e acabará por ser contrariado pela energia dos amigos de Stella: Gibbon, o mordomo velhinho, e Fuligem, o fantasminha simpático. A terrível Tia Alberta é a vilã perfeita num livro cheio de moral e boas intenções.
David Walliams e Tony Ross

Até há poucos anos conhecido apenas como comediante e membro do júri do programa televisivo Britain’s got talent, David Walliams transformou-se num autor cuja popularidade tem tido um crescimento exponencial: os seus livros venderam mais de 8 milhões de exemplares desde 2008 e está já traduzido em mais de 40 línguas. Foi também distinguido em três ocasiões com o único prémio inglês decidido por crianças, o The Red House Children’s Book Award.

David Walliams nasceu em Inglaterra em 1971, e é um ator britânico de comédia, conhecido pela parceria com Matt Lucas, na série Little Britain. Em 2008, tomou o mundo da literatura infantil de assalto. Avozinha Gângster entrou diretamente para o primeiro lugar no top britânico e vendeu mais de um milhão de exemplares até à data. David é atualmente o autor de crescimento mais exponencial no Reino Unido, com mais de 8 milhões de exemplares vendidos. Os livros do autor, traduzidos em mais de 40 línguas, obtiveram um impacto sem precedentes na crítica, que o compara a um dos mais emblemáticos autores de sempre no género, Roald Dahl.

Para aceder às primeiras páginas deste livro clique aqui.

Para aceder ao site do autor David Walliams (em inglês) clique aqui.

Para aceder ao site da Porto Editora e conhecer outros títulos da mesma coleção clique aqui.

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Eu Cómico - Escola do Riso!


O miúdo mais cómico do mundo está de regresso e desta vez vai ter que ensinar comédia a uma turma! Achas que ele vai conseguir? Prepara-te que as gargalhadas vão ser muitas!



Eu pensava que ser um comediante numa cadeira de rodas era complicado, mas ensinar comédia a uma turma é bem mais difícil! É um pesadelo! Nem sei por onde começar! Mando fazer TPC? Faço testes? Visto fato e gravata como um professor ou vou mascarado de palhaço? Eu não estou preparado para isto! E corro (não literalmente!) o sério risco de me tornar a piada da escola! Mas não é só isto... Ainda tenho de salvar a biblioteca, há um novo diretor maluco em collants, o tio Frankie apaixonou-se e ficou estúpido, e há uma miúda nova que... bem... acho que ela... tu sabes…

Eu Cómico 5: Escola do Riso!, de James Patterson, é o quinto volume de uma coleção de grande sucesso em Portugal, com mais de 34 mil exemplares editados.

Para aceder ao site do autor James Patterson clique aqui.
Da editora Booksmile.

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Dar nova vida ao livro. Mais de 7000 livros angariados na Feira do Livro de Lisboa pelo "Banco dos Bens Doados"


Numa parceira entre o Banco dos Bens Doados (ENTRAJUDA) e a Feira do Livro de Lisboa, esteve a decorrer na 87.ª Edição do certame uma campanha de recolha de livros usados para serem distribuídos pela rede de instituições do Banco dos Bens Doados. Ao longo dos 18 dias de Feira foi possível angariar 7124 livros, mais 3000 livros do que na edição anterior.

Sob o mote ‘Dê Nova Vida ao Livro – Porque todos os livros merecem um final feliz!’ a Campanha decorreu durante toda a Feira e contou com um pavilhão onde os visitantes foram convidados a colocar um ou mais livros nas estantes. Os livros angariados serão distribuídos pelas instituições do Banco dos Bens Doados.

“Partilhar livros com quem não tem possibilidades de os adquirir é um desafio que a APEL nos tem vindo a lançar e que, ano após ano, tem sido acolhido de uma forma fantástica pelos visitantes da Feira do Livro de Lisboa. Os mais de 7.000 livros angariados este ano mostram bem que esta iniciativa de responsabilidade social já faz parte da Feira e dará momentos de felicidade a quem receber os livros doados, nomeadamente as crianças com necessidades, apoiadas por instituições sociais. Não podemos deixar de agradecer à APEL pela iniciativa reiterada e a todos quantos doaram as histórias que já lhes tocaram e passaram pelas mãos.” Conta Marta Vinhas da ENTRAJUDA.

Para visitar o site da Entreajuda e Banco de Bens Doados clique aqui.
Para assistir a um vídeo de apresentação do Banco de Bens Doados clique aqui.

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Hoje é dia dos Avós!

Para além do amor e da alegria, que tal celebrar com um livro também?

Giles Andreae, um dos autores infantis de maior sucesso da atualidade, com mais de três milhões de livros vendidos em todo o mundo, traz-nos duas histórias divertidas e ternurentas, perfeitas para festejar este dia tão especial.

Eu Adoro a Minha Avó e Eu Adoro o Meu Avô são a prenda ideal para os mais pequenos oferecerem aos melhores avós do mundo. E depois, de livro na mão, fortalecerem laços e partilharem momentos de boa disposição.




Para aceder à página da United Agents sobre escritor Giles Andreae (em inglês) clique aqui.
Para aceder ao site da ilustradora Emma Dood clique aqui.
Para aceder ao site da editora Booksmile clique aqui.

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Ser quem sou, de Margarida Fonseca Santos


Crescer é um desafio enorme. E a adolescência é fértil em escolhas difíceis. Nos livros da coleção «A Escolha é Minha», de Margarida Fonseca Santos, os silêncios transformam-se em histórias. Cada livro quebra tabus e encara os problemas de frente. Para os jovens leitores fazerem o mesmo. Ser Quem Sou, o novo volume da coleção, aborda as dificuldades que aparecem na escolha de um futuro profissional e na revelação aos pais da orientação sexual.

Nos outros títulos, Bicicleta à Chuva, À Sombra da Vida, Reconstruir os Dias e Está nas Tuas Mãos, Margarida escreveu sobre temas atuais entre os jovens, como o bullying e amizade, o divórcio e o alcoolismo, a morte e a capacidade de reconstruir a vida depois de uma perda, saber lidar com uma doença crónica, mas também com a importância de nunca desistir.


​SINOPSE ​

Aquelas férias, em que os primos iam estar todos juntos - a Matilde, o João Pedro, o Jorge e o Vicente -, prometiam ser divertidas e fantásticas.

De repente, a discussão instala-se em redor da Matilde e dos seus pais, que a querem forçar a escolher um curso do Secundário que não lhe interessa. E esta não é a única prima com problemas por desvendar e por resolver. Também o João Pedro receia a reação dos seus pais quando lhes revelar a sua orientação sexual.

Ainda assim, aquelas serão as melhores férias de sempre, porque, entre discussões, partilhas e cumplicidades, cada um tem a coragem de assumir ser quem é e revela abertura para aceitar as diferenças dos outros.​

As primeiras páginas podem ser lidas aqui.
Da editora Booksmile

sábado, 10 de maio de 2014

O conto, os lobos e os medos, com Ana Mourato


ENQUADRAMENTO
Os medos são formas de se poder vivenciar as crises desenvolvimentais sem mergulhar nas angustias internas, insuportáveis de serem pensadas, as quais só se conseguem ultrapassar vivenciando este tipo de medos projetivos. O medo é útil, ele constrói mais do que destrói. O medo é uma emoção inerente à nossa vida, no entanto, pode valer-se de máscaras como a timidez, o pessimismo, a arrogância, o tédio, a vaidade, a hipocrisia e a mentira. É possível que, a partir de algumas referencias pessoais, tenhamos medo de muitas situações e agentes diferenciados, contudo, sem o medo lançar-nos-íamos diretamente ao perigo. Ele torna-nos mais atentos ao que ocorre em redor não nos permitindo transgredir a linha entre o possível e o impossível. A sensação de amedrontamento pode sinalizar uma ameaça; e por isso a necessidade de tomarmos consciência dessa representação, as suas causas e suas saídas.

Os livros para a infância que falam dos medos (mesmo que simbolicamente) podem ser reconfortantes na medida em que permitem projeções, identificações num contexto seguro, exterior a si mesmo, longe da angústia pessoal que a carga do medo evidencia. Os livros são suportes contentores, pois, tal como mergulhamos no seu âmago podemos sair, fechar as suas paginas e arrumá-lo numa estante.

OBJETIVOS
Com base em itinerários de leitura, critérios de seleção de livros para a infância dentro desta temática, e dinâmicas de grupo que permitem uma intertextualidade entre contos e pensamentos, procura-se dar lugar a uma co-reflexão acerca do tema dos medos no universo do desenvolvimento infantil, formas de intervir e gerir o tema junto de um grupo.

CONTEÚDOS
Os medos e a sua importância - medos das crianças e medos dos adultos;
Importância da literatura para a infância e do seu mediador para abordar esta temática;
Itinerários de leitura e dinâmicas de grupo associadas aos livros explorados como forma de dar espaço à partilha e à reflexão grupal com crianças.

METODOLOGIA
A exploração de temas é realizada ao longo das dinâmicas de grupo criadas com ponto de partida em livros de literatura para a infância- Exposição teórica - prática;
Apresentação de livros para a infância e respetivos critérios de seleção para explorar o tema dos medos, possíveis dinâmicas a realizar com base nos livros associados a temáticas como : medo do escuro, de não crescer, de não ser amado, raiva, zanga, morte, separação, frustração, dor..

DURAÇÃO
6h00m